13.12.17

NATAL

Meninos atiram pedras, meninos disparam balas.
Esta terra é minha, esta terra não é tua.
Como foi que tudo começou?
Como vai isto acabar?
Nunca, dizem os oráculos.
Vão-se matando, os meninos.
Tombam na terra de ninguém.
É Natal.

Licínia Quitério

1 comentário:

O Puma disse...

Por vezes ganham os mais fortes
mas há sempre alguém que resiste

arquivo

 
Site Meter