19.5.17

O INCÊNDIO


À tardinha acontecem os incêndios
e os meus olhos ajoelham
porque a casa do céu se transmutou
em oiro.
Eu penso árvores alquímicas,
ecos de vozes altíssimas,
astros vizinhos do meu assustado coração.
Nada pode calar tanta beleza,
e no entanto há homens
que ao arrepio da luz
se fazem sombras
e são estéreis
são países mortos
são comandantes do medo.
Sabem que cegarão
quando olharem o céu
no incêndio da tarde.
Esperam a água da noite
que talvez não venha
talvez 

Licínia Quitério

Sem comentários:

arquivo

 
Site Meter