12.12.16

CASTELOS



Assim se fazem castelos

Por cada pedra um ai
Por cada torre um homem
Nenhum castelo alcança
a doce madrugada dos pardais

Em cada pedra um sonho de oiro
Só as mãos dos obreiros são reais

Licínia Quitério

4 comentários:

Graça Pires disse...

"Só as mãos dos obreiros são reais". Tão belo, Licínia.
Uma boa semana.
Beijos.

Licínia Quitério disse...

Boa semana para ti, querida Graça. Obrigada pela visita.
Beijinho.

Sônia Brandão disse...

Nossos castelos sempre são mais de sonhos que de pedras.

bjs

LuísM Castanheira disse...

...mas as pedras falam pelos demais...
em memoriais e imortais.

arquivo

 
Site Meter